Gestão da Inovação

“Estruturas e processo para evolução e revoluções”
PREMISSAS

Premissas

Existem poucos assuntos que são unanimidades no universo empresarial. Inovação é um deles. A teoria e a prática mostram que as empresas que não desenvolvem a capacidade de inovar contínua e rapidamente se afastam do sucesso. O mesmo acontece com áreas específicas dentro das organizações que perdem importância por insistir em fazer tudo da mesma forma o tempo todo. Entretanto, algo que não parece tão claro é que a inovação não é obra do acaso. Depende da cultura certa, com uma estrutura adequada e processos eficazes. E tudo isso pode ser desenvolvido com disposição e metodologia.

Entenda as premissas do treinamento.
OBJETIVOS

Objetivos

Ao final do treinamento o participante:

  • Estará sensibilizado para a inevitabilidade da inovação para o êxito organizacional, departamental e pessoal.
  • Conseguirá identificar as competências individuais e coletivas necessárias para uma postura inovadora, criando bases para o auto desenvolvimento contínuo.
  • Estará preparado para colaborar na construção de um ambiente inovador e transitar nele.
Saiba os objetivos que o treinamento possui.
CONTEÚDO

Conteúdo

  • Sensibilização: desenvolvimento de atividades que visam mostrar a importância da inovação no desenvolvimento organizacional e pessoal.
  • Os Pilares da Inovação: cultura, estrutura e processos.
  • Cultura e o Ambiente Propício para a Inovação:
    • Mudança: a relação das pessoas com as mudanças e sua inevitabilidade.
    • Paradigmas: o papel dos paradigmas na vida das organizações e pessoas e os problemas decorrentes de seu uso inadequado.
    • Abertura para o Novo: a postura mental receptiva como ponto essencial para perceber oportunidades.
    • Criatividade: o que é isso e o que ela faz (e não faz) pela inovação e como desenvolver uma postura criativa.
    • Auto Conhecimento: como a autoconsciência influencia na criatividade e inovação e como desenvolver esta competência.
    • Papel da Liderança: como os líderes influenciam a cultura pela inovação e o poder do exemplo.
    • O Papel do Erro: a maior probabilidade da ocorrência do erro em ambientes competitivos e a relação com ele.
    • Seleção de Pessoas e Inovação: a importância de usar a porta de entrada como um filtro para a cultura inovadora.
  • Estrutura e o Hardware da Inovação:
    • Interdisciplinaridade: a visão multidisciplinar como alimentadora da inovação.
    • A Relação harmônica de Marketing e P&D como fundamentos para a inovação.
    • Espaço para a Inovação: tempo disponível para pensar e trabalhar na inovação.
    • Grupos: o papel do trabalho em grupo nos processos eficazes e o aproveitamento das competências individuais no grupo.
    • Planejamento: como a organização dos processos pode contribuir para a inovação consistente e sistemática.
    • Drive: oferecendo clareza estratégia para a construção de inovações e não invenções.
    • Orientação para o Mercado: o comportamento do consumidor como fonte da agregação de valor.
  • Processos Inovadores:
    • Innovation Funel: as etapas para o refino da probabilidade de êxito na inovação.
    • Projetos de Lançamento e Gestão de Projetos: organizando projetos para o êxito da inovação.
    • Gestão Pós Lançamento: a importância de não abandonar a inovação à sua própria sorte.
    • Lucro e Inovação: a perpetuação da inovação como ferramenta de enriquecimento corporativo.
    • Innovation Index: como medir o mensurável e intuir sobre o imensurável.
    • Velocidade e execução na era da competição ganha nos milímetros.
Veja o conteúdo que o treinamento oferece.

RECEBA CONTATO SOBRE O TREINAMENTO