O QUE FALAMOS

Desenvolvimento para a Inovação

A abordagens de um treinamento em inovação depende do tipo de inovação que se quer fomentar creativity

No prefácio de seu livro “De Zero a Um” Peter Thiel decreta: “Cada momento nos negócios só ocorre uma vez. O próximo Bill Gates não criará um sistema operacional. O próximo Larry Page ou Sergey Brin não desenvolverá um mecanismo de busca. E o próximo Mark Zuckenberg não fundará uma rede social. Se você está copiando essas pessoas, não está aprendendo com elas.” E complementa logo em seguida: “O ato de criação é singular, assim como o momento da criação, e o resultado é algo original e estranho.” Por isso é tão desafiador falar em treinamento para empreendedores; pelo menos no que diz respeito a inovações disruptivas. Afinal, não é possível dar uma receita para alguém recriar o futuro. O caminho viável passa por provocar o desejo de romper com a realidade existente e mostrar princípios seguidos (mesmo que instintivamente) pela maioria dos grandes gênios da área.

Já com relação às inovações incrementais (melhorias não revolucionárias em produtos e processos) o treinamento tem um importante papel, pois é possível estabelecer alguns métodos que aumentam muito a probabilidade de êxito. E todos sabemos que uma empresa bem sucedida é aquela que aposta simultaneamente em inovação disruptiva e incremental. Por isso, vários de nossos clientes têm investido em treinamentos de criatividade, inovação e empreendedorismo interno (intrapreendedorismo).


Tags • Empreendedorismo Inovação Inovação e Empreendedorismo Recursos Humanos Treinamento & Desenvolvimento Treinamentos

Leia Também

Nem Tudo que é Novo é Bom Nem Tudo que é Novo é Bom Quer Crescer? Contrate Adrianas. Intrapreendedor Enxuto Intrapreendedor Enxuto Inovar Enriquece Inovar Enriquece

Comentários


BUSCA

Receba nossos conteúdos por e-mail: