O QUE FALAMOS

Amigos, Amigos, Negócios Incluídos

A mudança sobre a visão da amizade no trabalho amizade_trabalho

Desde os meus primeiros passos no mundo corporativo fui orientado a separar o trabalho da vida pessoal. “Amizades não devem se misturar com as atividades profissionais”, me diziam todos. Ansioso por construir uma carreira exitosa, me esforcei para acreditar nisso, embora algo me incomodasse. Afinal, fiz bons amigos nas empresas pelas quais passei, e não via em que isso poderia ser danoso. Sendo assim, fiquei feliz quando li uma importante pesquisa do Gallup que aponta a amizade entre colegas de labuta como um dos fatores mais importantes para que um profissional se comprometa com seu trabalho. E a revista Você S/A vem coroar essa conclusão com um artigo interessante no mês de outubro que reforça o ponto, enfatizando a importância de tratar a questão com responsabilidade para não mergulhar no campo do amadorismo.

O papel de promover um ambiente que favoreça o surgimento de amizades é do líder da área, mas o RH pode colaborar, seja introduzindo o tema em treinamentos, incluindo a questão no processo de avaliação ou oferecendo ferramentas para que os líderes possam catalisar essa a aproximação entre os colaboradores em celebrações e encontros festivos ou de aprendizado.


Tags • Comportamento Gestão Liderança Recursos Humanos Treinamento & Desenvolvimento Treinamentos

Leia Também

O Risco das Palestras Vazias O Risco das Palestras Vazias Autonomia para Aprender Autonomia para Aprender Os Desafios dos Grupos Virtuais Os Desafios dos Grupos Virtuais Trabalho Infeliz Trabalho Infeliz

Comentários


O RH na linha de tiro :: Blog da Ynner Treinamentos

[…] mudarmos esta situação os profissionais de recursos humanos devem entender a estratégia de negócios da empresa e definir claramente qual sua contribuição para o cumprimento das metas […]


BUSCA

Receba nossos conteúdos por e-mail: